domingo, 31 de dezembro de 2017

O Rei do Show, Extraordinário, Star Wars - Os Últimos Jedi e Liga da Justiça: Adeus 2017!

Olá, pessoas cinéfilas. Saudade grande de vocês!
Estive ausente por um longo período (por motivos médicos) mas eu não poderia deixar de passar aqui para desejar-lhes um Feliz Ano Novo, e aproveitei para falar sobre os últimos grandes lançamentos (blockbusters) do cinema que fecharam 2017. Não será uma crítica analítica como costumo fazer, mas apenas um breve comentário sobre o que vi no cinema nestes dias. Vamos lá?

O Rei do Show ( The Greatest Showman, 2017).


Estreou em 25 de dezembro, é o musical biográfico de P. T. Barnum (com muita licença poética!), interpretado por Hugh Jackman. O longa que tem 1h e 45min de duração, tem um visual incrível e trilha sonora marcante, daquelas que grudam mesmo! O elenco dá um show de coreografias e a direção de arte é impecável. Jackman é um dançarino com uma voz incrível e mais uma vez prova isso na telona. O roteiro é bem simples e não trás nenhuma surpresa, apesar da boa história, não há profundidade. O destaque fica por conta de assuntos importantes que são abordados no longa de forma muito discreta porém eficiente. O musical empolga bastante mas está longe de ter a mesma perfeição de "La La Land", outro musical lançado em janeiro e que tem os mesmo compositores de "O Rei do Show".

Extraordinário (Wonder, 2017)


Adaptação do best-seller homônimo da autora R. J. Palacio, com Jacob Tremblay e Julia Roberts, o longa estreou em 07 de dezembro e arrancou lágrimas do público. Eu li o livro e realmente não entendi o porquê de tantas lágrimas no cinema! O livro é emocionante, constrói a história com profundidade, mas é leve e descontraído. O diretor consegue levar páginas do livro pra telona, e foca na emoção para comover o público elevando a música triste e o olhar doce (mesmo embaixo da prótese estranha) de Jacob Tremblay que, como não podia deixar de ser, continua carismático, ele é o Auggie que nós (leitores) esperávamos. É uma boa adaptação, temos que considerar que alguma alterações são cabíveis e outras nem tanto, também há erros de continuidade que incomodam bastante, mas são apenas detalhes ao olhos leigos. O longa está em cartaz e vale a pena levar toda a família. 
Ah, e principalmente recomendo o livro, tem uma pequena resenha aqui.


Star Wars: Os Últimos Jedi (Star Wars: The Last Jedi)


Estreou em 14 de dezembro, chegou polemizando. O longa impressiona com o excelente efeito visual, apenas o melhor de todos os tempos dentro da franquia! O roteiro é incrível, e surpreende em alguns, poucos, mas grandes momentos. Eu adorei!!!
Fiz um comentário no Twitter que reproduzirei aqui:
"Pra mim, poderia ser o último filme da saga. Seria um belo final, deixando algumas pontas soltas, que na verdade só foram abertas para render mais filmes e que nunca se explicarão satisfatoriamente."
É isso, o que dizem agora ser o "universo expandido" está muito parecido com um grande reboot, uma nova "Guerra nas Estrelas" surge, com novos personagens, uma nova ordem, novas crenças, novas regras... Os personagem que originaram a série na década de 70, com seus conceitos e a jornada do herói, está sendo renovada. A nostalgia daquela época se foi o "último Jedi". Mas isto não significa que a partir de agora os filmes serão menos interessantes, o Episódio VIII trouxe uma nova esperança para o futuro da franquia, mas serão feitos para as novas gerações, para os novos tempos... E eu estarei lá para conferir!

Liga da Justiça (Justice League, 2017). 


E se "Star Wars" foi polêmico, imaginem este aqui!!!
Zack Snyder é um ótimo diretor, mas quer agradar a gregos e troianos e isto é uma missão quase impossível. Enquanto houver esta rixa entre Marvel e DC, será impossível fazer algo sério, parece até briga de torcida organizada no Maracanã! Mas vamos ao longa... O elenco é bom, mas o roteiro é fraco, tá valendo, é nível "Superamigos" (animação da Hanna-Barbera) não vejo mal nenhum nisso, mas não é exatamente o que o público esperava. Gostei bastante do Aquaman, mas esperava mais dele. O Ciborgue foi uma grata surpresa, melhor do que o Flash, nada contra a atuação do Ezra Miller, mas acho que não se encaixou, o alívio cômico ficou forçado demais. A Mulher-Maravilha é o personagem que mais se destaca, tudo que envolve ela funciona bem. Não posso dizer o mesmo do Batman de Ben Affleck, tudo que ele fez e me cativou em "Batman V Superman" ele desfez aqui, mas se trata de outro Batman, aquele da série dos anos 60... só que não, né?! De qualquer forma o primeiro ato do filme é bem promissor, mas não consegue segurar o ritmo e desce ladeira abaixo por velhos problemas como a computação gráfica que é muito precária, somada a poluição visual de cores saturadas na batalha final, o efeito "videogame" continua, e o vilão em GCi é a pior coisa do filme. O longa não arranca gargalhadas do público, é engraçado quando não deve ser (o que é um problema!), mas não chega a ser monótono, é razoável. Chato mesmo é aguentar os mimizentos de plantão! Mesmo assim vale a pena conferir os heróis no cinema, o longa continua em cartaz em todo Brasil.

Vejam os cartazes:





"That's all folks!" espero que vocês tenham gostado, nos veremos em breve, ok?
 Feliz 2018, meus amigos cinéfilos!

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Capas da Revista Empire: Star Wars - Os Últimos Jedi.

Isso é só pra aumentar a nossa ansiedade!




O elenco do filme conta com Daisy Ridley (Rey), Adam Driver (Kylo Ren), Oscar Isaac (Poe Dameron), John Boyega (Finn), Mark Hamill (Luke), Carrie Fisher (Leia), Benicio Del Toro, Andy Serkis (Snoke), Laura Dern e Domhnall Gleeson (General Hux).


O longa estreia dia 14 de dezembro nos cinemas.

Cartaz e Trailer de Vingadores: Guerra Infinita, 26 de abril nos cinemas.


Em uma jornada cinematográfica sem precedentes que está sendo elaborada há dez anos e abrange todo o Universo Cinematográfico Marvel, “Vingadores: Guerra Infinita”, da Marvel Studios, leva às telas o maior e mais mortal confronto de todos os tempos. Os Vingadores e seus aliados Super Heróis devem se dispor a sacrificar tudo em uma tentativa de derrotar o poderoso Thanos antes que seu ataque de devastação e ruína dê um fim ao universo.

sábado, 18 de novembro de 2017

Rampage: Destuição Total Ganha Seu Primeiro Trailer.

O longa é uma adaptação de uma série de games lançados nos anos 80 para fliperamas. Na década de 90 foi lançado para PlayStation e outros consoles. Eita nostalgia!!!


Sinopse: O primatologista Davis Okoye (Dwayne Johnson) é um homem fechado que compartilha um vínculo inabalável com George, um gorila muito inteligente, que está sob seus cuidados desde pequeno. Porém, quando um experimento genético desonesto é feito em um grupo de predadores que inclui o primata, os animais se transformam em monstros que destroem tudo em seu caminho. Agora, Okoye tenta conseguir um antídoto para impedir que seu amigo provoque uma catástrofe global.


Direção: Brad Peyton Elenco: Dwayne Johnson, Jeffrey Dean Morgan, Naomie Harris, Malin Åkerman, Joe Manganiello


Estreia prevista para 19 de abril nos cinemas.

Divulgado Novo Trailer e Novos cartazes de Jumanji: Bem-vindo à Selva.

Quatro adolescentes estão jogando um videogame cuja ação se passa numa floresta. Eles escolhem avatares para a aventura (interpretados por Dwayne Johnson, Karen Gillan, Jack Black e Kevin Hart). Mas um evento inesperado faz com que os jogadores sejam transportados para dentro do universo fictício, transformando-se nos avatares escolhidos. Sequência de Jumanji, longa de 1995.


Estreia prevista para 04 de janeiro nos cinemas.






quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Nova Temporada de Arquivo X Estreia em Janeiro.

“A verdade está mais perto do que nunca”

A 11ª temporada terá 10 episódios e estreia dia 03 de janeiro de 2018 pela FOX.



Em 2016, Arquivo X retornou com sua 10ª temporada com seis episódios. Se você acompanhou, assista aqui ao trailer da 11ª temporada.

Trailer: Deadpool 2 (+18).


Após sobreviver a um ataque bovino quase fatal, um chef de cafeteria desfigurado (Wade Wilson) luta para realizar seu sonho de se tornar o bartender mais badalado de Mayberry enquanto tenta lidar com a perda do paladar. Procurando recuperar o tempero de sua vida, assim como um capacitor de fluxo, Wade precisa batalhar ninjas, a Yakuza, e uma matilha de caninos sexualmente agressivos enquanto ele viaja pelo mundo descobrindo a importância da família, da amizade e do saber – encontrando um novo senso de aventura e ganhando o título de Melhor Amante do Mundo.


Estreia prevista para 01 de junho de 2018.